Cachorro com alergia

Muitos cães estão desenvolvendo algum tipo de alergias, por dermatite a tópica, dermatite alérgica a pulgas, dermatite alérgica a ambientes externos ou até mesmo por intolerância alimentar.

Cachorro com alergiaSeu cão constantemente se coça, mordiscar alguma região do corpo ou lambe alguma parte do corpo com frequência? Se você respondeu sim para uma dessas situações, há uma possibilidade de que ele esteja sofrendo de algum tipo de alergia.

Um bom diagnóstico é muito importante antes de qualquer tratamento dado aos nossos cães.

 

O que é a alergia em cães?

Alergias em cães são, basicamente, os sintomas que se manifestam com o resultado do sistema imunológico de um cão trabalhando duro para se livrar de substâncias externas. Estas substâncias alérgicas podem ser de qualquer coisa (natural ou artificial, orgânico ou inorgânico), e elas podem ser encontradas em lugares, objetos, comida, ração, dentro das nossas casas, e ate mesmo no meio ambiente. Elas podem causar reações alérgicas após ser ingerido, inalado ou absorvido.

Geralmente, as alergias se manifestam de três formas. A mais comum é o prurido, inflamação da pele, que pode ser limitada a uma área (localizada) ou todo o corpo (generalizada). Outra manifestação envolve o sistema respiratório e pode resultar em tosse, espirros, ou respiração ofegante. Nasal ou secreção ocular também podem estar presentes. Em alguns casos as alergias envolvem o sistema digestivo, resultando em vómitos ou diarreia.

Porque alguns cães sofrem com alergias e outros não?

Cachorro com alergiaNem todos os cães são alérgicos. Os cães com pré-disposição a serem alérgicos muitas vezes possuem o sistema imunológico debilitado, ou tem desequilíbrio hormonal, são cães mais propensos a infecções bacterianas ou fungicas, podem sofrer de stress emocional ou até mesmo por ter baixa imunidade. Quando expostos a fatores que causam alergia, (como pulgas, grãos, alimentos ou toxinas ambientais), estes cães são mais propensos a desenvolver um quadro alérgico.

 

Sintomas mais comuns de alergias em cães.

As coceiras em uma região ou em todo o corpo.

Inflamação da pele,

O cão passa a mastigar / lamber certa região do corpo constantemente.

Estes sintomas ocorrem quando o cão é exposto a um alergeno (por exemplo, pulgas, pólen, produtos químicos), surgindo a inflamação da pele.

Quais os tipos de alergias mais comuns em cães?

Dermatite A tópica: 
Uma das alergias mais comuns de cães é a dermatite a tópica. Dermatite a tópica é uma doença genética inflamatória da pele, em que o cão torna-se sensível aos alérgenos ambientais (tais como pólens, fungos, ácaros, etc.) Dependendo dos alérgenos, pode ser sazonal (por exemplo, alergias ao pólen) ou pode ser por ano (por exemplo, ácaros, fungos, etc.)

Dermatite alergias a picadas de pulgas ou insetos: Costuma ser uma das alergias mais comuns em cães. No entanto, com muitos produtos para controle de pulgas disponíveis no mercado, a incidência de alergias de pulgas em cães tem diminuído muito. 
A causa da dermatite alérgica à picada de pulga ou insetos é por que ao cao ser picado pela pulga, sua picada contém um certo número de produtos químicos que podem induzir uma reação alérgica em cães.

Alergia Alimentar: 
Em comparação com dermatite a tópica e dermatite de pulgas, alergias alimentares em cães também pode acontecer. 
Alergias alimentares resulta quando um cão desenvolve reações alérgicas a um ou mais ingredientes de sua comida. Ela provoca coceira intensa por todo o corpo do cão alérgico. 
 
Para diagnosticar alergias alimentares do cão, você precisa alimentar o seu cão uma “dieta de eliminação”, cujo objetivo é o de proibir todas as proteínas que o cão tenha comido antes, a fim de isolar e identificar o alérgeno.

Dermatite de contato é raro em cães e é causada pelo contato direto da pele com um alérgeno. A dermatite de contato geralmente provoca aparecimento súbito de reações cutâneas como prurido, erupções cutâneas e queda de pelos. Criminosos comuns que podem causar dermatite de contato em cães são substâncias químicas encontradas em algumas em coleiras anti pulgas, sabonetes e desinfetantes, herbicidas, fertilizantes e inseticidas. Se seu cão apresenta sintomas como perda de pelo, vermelhidão ou inflamação ao redor do pescoço, pouco depois de começar a usar uma coleira anti pulgas, as chances são de que ele é alérgico a coleira. Sabonetes e produtos químicos de jardinagem podem causar reações alérgicas na pele que pode facilmente entrar em contato com o solo, tais como as “axilas”, e as regiões do estômago e da virilha. Às vezes, o cão também podem desenvolver lesões na boca, se ele lambe as áreas afetadas.

Se o seu animal de estimação mostra sintomas de alergia, é muito importante que você consulte o seu veterinário e realize um check-up completo (testes de pele e de sangue) para identificar a causa da alergia. Descobrir a causa do problema o quanto antes irá fortalecer a saúde geral do seu cão, fazendo ser mais resistente contra os alérgenos.

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado.