Categories: Fique por dentro

Como modernizar elevadores

Como modernizar elevadores.

É importante assinalar a diferença entre modernização e melhora estética. Essa engloba apenas alterações na cabine, como a troca do piso, espelho e novo revestimento.

Como modernizar elevadoresComo modernizar elevadoresA modernização propriamente dita refere-se à troca de diversas peças que, novas, permitirão uma melhora clara do serviço prestado pelo elevador.

“O primeiro passo é contratar uma consultoria, para saber, de antemão, quais peças precisam ser trocadas. Só então faça uma concorrência entre as empresas de manutenção”, ensina Boris Risnic, conhecido como Dr. Elevador.

Geralmente não é necessário trocar o motor do elevador, mas a quadro de comando, o operador de porta, sim.

“Com essas substituições, o elevador passa a economizar cerca de 40% da energia elétrica”, calcula Risnic.

Diminuir a conta de energia elétrica deve ser encarado como um ganho para todos no condomínio – essa diminuição geralmente paga o valor da modernização do equipamento em até dois anos.

Mas não é só na energia elétrica que o condomínio ganha: com um equipamento mais moderno, as viagens serão mais rápidas e seguras – algo fundamental para moradores que porventura tenham medo de elevador ou claustrofobia.

Custos.

Modernizar o elevador e deixá-lo mais bonito pode custar caro ao condomínio: R$ 160 mil, na média, por aparelho. Justamente devido ao tamanho do investimento é necessária a aprovação da benfeitoria em assembleia, com maioria dos presentes.

Saiba mais: conheça as regras sobre aprovação de benfeitorias em assembleias

E como geralmente o condomínio não conta com apenas um elevador, o investimento pode ficar ainda mais caro.

O usual é que o condomínio pague de 20% a 40% de entrada – o restante pode ser parcelado em até 60 vezes, dependendo da empresa contratada. Aqui, vale ficar atento ao juro utilizado: o contrato deve discriminar qual será o índice utilizado para corrigir as parcelas anualmente.

Há empresas também que calculam essa diferença e oferecem parcelas fixas.

Vale lembrar que, ao escolher a empresa prestadora de serviços, é importante se certificar também que a mesma é séria – não escolha apenas pelo preço.

Ser registrada na prefeitura é fundamental para o condomínio, assim como ter engenheiros em seu quadro de funcionários. Compare também a garantia do serviço e a manutenção dos equipamentos durante as melhorias – algumas, principalmente as fabricantes, podem oferecer um desconto interessante durante o período de troca.

Sem aprovação

Pode ser que por se tratar de um investimento muito grande para alguns condomínios, a maioria decida por não revitalizar os elevadores.

Caso o elevador não estiver funcionando bem, parando muito entre andares e com diversos problemas técnicos, a sugestão de Vania Dal Maso, gerente de condomínios da administradora Itambé é que o síndico feche o equipamento.

“Se o elevador despenca e uma pessoa se machuca gravemente,  são o síndico e o condomínio quem irão responder. Nesse caso, pela segurança de todos, o melhor é não usar o equipamento”

Melhor reparar logo.

 

fonte: SindicoNet

paulo

Share
Published by
paulo

Recent Posts

Aumentam conflitos em condomínios por causa do Corona vírus

Ocorre que as pessoas normalmente saem de casa para trabalhar e regressam no final do…

3 meses ago

Entretenimento para crianças brincarem em casa por causa do Corona vírus

Um jeitinho simples de entreter a garotada nesta quarentena. 50 peças diferentes de gesso para as…

3 meses ago

QUAIS O DIREITOS DE QUEM MORA EM CONDOMÍNIOS

Não é difícil imaginar porque alguns síndicos e sindicas (minoria total), faz questão de esconder…

7 meses ago

Porque Síndicos Profissionais estão ganhando tanto dinheiro

Acabou-se o tempo em que os condomínios exigiam muito pouco dos síndicos. Hoje, profissionalismo é…

8 meses ago

Viver em harmonia em condomínio é possível?

Viver em harmonia em condomínio é possível sim! Afinal a maioria das pessoas gosta de…

8 meses ago

Como reduzir custos em condomínios

Como reduzir os custos de um condomínio? Dor de cabeça para a maioria dos síndicos…

8 meses ago