Mulher de salto alto perturba moradores de condomínio

Mulher de salto alto perturba moradores de condomínioVocê chega do trabalho à noite e está com muita vontade de descansar.  Eis que, repentinamente, a vizinha de cima também chega, mas não tira o salto alto.

Loucura mas este TOC TOC sem parar pode irritar profundamente qualquer pessoa.

Segue o barulho até o momento de dormir. De manhã você acorda com o mesmo problema. E assim vai dia a dia.

Está claro que falta bom sendo ai. Pode até ser da vizinha de cima por vários motivos.

Se ela está com raiva de você e quer vingar-se, está fazendo tudo direitinho.

Se for por falta de educação, respeito, ou até por ignorância, a situação pode fluir para um problema mais sério. Brigas à vista!

O que fazer?

Devido a um alto índice de reclamações, algumas providências/sugestões que podem ajudar para ambas as partes:

-Resolver amigavelmente entre as unidades; (condôminos);

-Caso as queixas do condômino não sejam ouvidas pelo vizinho que o incomoda com barulhos excessivos, o mesmo deverá entrar em contato com o síndico, para que este aplique as penalidades previstas na Convenção e no Regulamento Interno do condomínio, perante reclamação escrita no livro de ocorrências e e-mail à administradora e ao síndico, comprovadas através de duas ou mais testemunhas, também escritas no mesmo livro e e-mails (administradora e ao síndico), ou comprovadas pessoalmente pelo Corpo Diretivo- três pessoas- (condômino/condomínio);

-Caso não seja possível solucionar a questão de forma amigável, ou mediante a intervenção do síndico, poderá V.S.ª recorrer à Justiça (Juizado Especial Civil) com vistas a preservar e fazer valer o seu direito (condômino).
Os barulhos mais comuns são com o arrastar de móveis, bater portas; saltos de sapatos de mulher; jogar bola dentro do apartamento; crianças correndo, pulando; som alto; ruídos de animais; festas no apartamento até altas horas; festas no salão e continuação nos halls dos apartamentos; reuniões; abertura das portas de entrada dos apartamentos; furadeira e martelo.

Engana-se aquele que acha que o silêncio vale apenas de 22h às 08h. Neste horário, exige-se maior rigor e mais silêncio. Mas, de qualquer forma, deve-se manter um nível adequado de silêncio durante 24 horas por dia. Mas a Lei do Silêncio não vale apenas das 22h às 8h. O que acontece é que, neste horário, exige-se maior rigor com barulhos. A Lei do Silêncio não está prevista no Código Civil. O artigo que mais se aproxima do assunto no CC é o art. 1.277.

MAS PODE PIORAR!

 

Imagine três, quatro ou mais mulheres morando juntas no apartamento acima do seu e todas AMAM salto alto!

Hora de ficar atento ou atenta. Ao começar a “zoeira” chame logo o sindico. Imediatamente.

Certo que existem outras formas de fazer barulho. Não vamos culpar as mulheres “desprevenidas”. Este artigo serve para chamar sua atenção sobre barulho em condomínio provocado por moradores.

Mulher de salto alto perturba moradores de condomínio