Otite canina

Otite é a inflamação no ouvido do cão, que causa dor e muito desconforto. Diferentemente do que muitos pensam essa não é uma doença simples de ser tratada e precisa de muito carinho e dedicação dos seus donos.

Otite caninaEla é mais comum em animais que têm a orelha caída, como Cocker, por exemplo, são mais predisponentes a esse problema. Isso acontece porque como a orelhinha do cão é caidinha, ela acaba deixando o local menos ventilado, mais úmido e quente. Isso faz com que a multiplicação dos ácaros, fungos ou bactérias que causam a otite, seja mais fácil.

 

 

Sintomas da otite.

O dono deve perceber qualquer alteração no comportamento do cão. Se o proprietário estiver bem atento, notará alguns sinais de que o pet pode estar com otite. Quando ele se coça, costuma chorar ao passar a patinha pela orelha. Ao olhar dentro da orelha do animal, a pessoa notará um aumento de secreção e, muitas vezes, até o cheiro pode estar diferente.

Outro sinal muito comum é notar que o cão está balançando mais a cabeça e as orelhas. Ele, por estar incomodado, balança a cabeça de um lado pro outro ou, em casos mais graves e que o animal esteja com muita dor, chega a pendê-la para um lado.

Diagnóstico e tratamento.

Caso você encontre qualquer alteração no ouvido do cachorro, leve-o imediatamente ao médico veterinário. Lembre-se de que o cachorro está com muita dor e precisa de socorro. Lá, o profissional irá examinar a orelha e se realmente constatar a otite poderá pedir exames complementares para ter uma exatidão do que a está causando, se é um ácaro, uma bactéria, um fungo ou os três juntos. O tipo de secreção encontrada quando o profissional examinar, também poderá indicar um tipo de infecção e a causa dela.

Otite caninaHá diferentes produtos para otite e cada um deles é indicado para um tipo de agente infeccioso (bactéria, fungo ou ácaro). Há também os produtos líquidos, em gel e com diferentes maneiras de ser aplicado. A escolha do melhor e mais indicado será feita pelo médico veterinário de acordo com a idade do pet, os sinais clínicos, o agente causador do problema e o estágio da doença.

Em casos mais graves, no qual a otite esteja mais avançada e mais interna, procedimentos de lavagens feitos na clínica, podem ser necessários.

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado.