Sindico bonzinho provoca taxa extra para condomínio

Sindico bonzinho provoca taxa extra para condomínio.

A falta de pagamento da taxa de condomínio atrasa não somente as contas do edifício, como também influencia o bolso dos moradores que quitam a cobrança dentro do prazo de vencimento. Cada convenção traz o período exato em que o condômino tem para saldar a taxa atrasada. Normalmente, a partir do primeiro vencimento, o morador já pode ser considerado inadimplente e perde alguns benefícios como o uso das áreas comuns ou a possibilidade de votar e ser votado nas assembleias.

Uma vez que, o sindico não cobra do devedor por razões pessoais, amizade, pena, medo, ratear o saldo devedor é o caminho. Mas este cria constrangimentos para os que pagam em dia. Com toda razão. Pagar taxas extras constantes por causa da incompetência do sindico é inadmissível.

Caminho é a cobrança.

A primeira ação do síndico ou da administradora com o inadimplente deve ser o diálogo. Caso a taxa não seja paga após um contato amigável, o síndico pode entrar com uma ação judicial contra o proprietário. O síndico não pode tentar receber de forma coercitiva, não pode cortar a água do imóvel, não pode constranger o proprietário, mas pode entrar com cobrança extrajudicial ou até mesmo judicial com execução do imóvel.

Senhores(as) Síndicos(as): o bem maior é da coletividade e não de um indivíduo!