Tudo sobre seguro residencial

QUAL A IMPORTÂNCIA DO SEGURO RESIDENCIAL.

Você sabia que uma descarga elétrica em um dia de tempestade pode queimar vários aparelhos eletrônicos em sua casa? Como por exemplo o computador, que provavelmente você está usando para ler este artigo e que com certeza usa também para inúmeras outras tarefas. No entanto, o que muitos não se atentam é que esse evento pode ser protegido com um seguro residencial.

Muito além de cobertura contra Incêndio, o seguro residencial pode ser moldado de acordo com suas necessidades. Com ele você pode fazer com que o seguro de sua residência possa proteger não só o imóvel, mas seu patrimônio dentro dele.

O que cobre um seguro residencial:

Além da principal cobertura Incêndio/Raio/Explosão e Fumaça, os seguros residenciais possuem como opcionais as seguintes coberturas:

Desmoronamento – Seja total ou parcial

RC Familiar – Garante danos a outras pessoas que tenham sido causados pelo segurado, cônjuge, filhos menores, empregados e até animais de estimação.

Subtração de bens – Cobertura contra Roubo/Furto de moveis, eletroeletrônicos, roupas entre outros itens.

Danos Elétricos – Garante aparelhos e instalações

Quebra de Vidros – Quebra de vidros planos, espelhos e tampos de mesa. Acidentes assim são mais comuns do que se pode imaginar.

Impacto de veículos terrestres e aéreos

Vendaval e queda de granizo – Danos causado por este tipo de evento da natureza

Perda ou pagamento de aluguel – Garante continuidade do pagamento do aluguel, ou indenização para que alugue um imóvel em caso de sinistro que deixe o imóvel inabitável.

Além das coberturas, você pode contar com os planos de assistências:

Reparos hidráulicos, reparos elétricos, chaveiro, serviço de telefonia, vidraceiro, reparo em eletrodoméstico de linha branca (fogão, geladeira, tanquinho, máquina de lavar). Algumas apólices podem cobrir dedetização, caça vazamento e até consulta veterinária para pets.

COMO ESCOLHER AS COBERTURAS DE UM SEGURO RESIDENCIAL

Saber escolher as coberturas de seguro adequadas para seu imóvel é o que fará você ficar bem protegido e economizar na hora de fazer o seguro. Por isso, aqui vão algumas dicas profissionais:

Exponha ao corretor de seguros o que você precisa proteger na residência, ele vai saber orientar quais coberturas serão mais adequadas

Tenha em mente o valor dos seus bens. Isso ajudará na hora de ajustar o valor das coberturas e você não pagará por uma garantia em excesso.

Saiba o que pode ser roubado/furtado com mais facilidade para moldar a cobertura em função disto.

Considere o valor de seus equipamentos eletroeletrônicos que possam sofrer um dano elétrico. TV, Computador, Aparelho de Som, entre outros

Entenda que se você possui vidros e espelhos na residência, você certamente vai precisar usar essa cobertura. Contrate.

E acima de tudo, esteja preparado para usar os serviços de assistência. São problemas que acontecem no dia a dia e acabam gerando gasto de alguma quantia para resolvê-los. Sempre se perguntem “o meu seguro cobre isso?” Se estiver amparado em sua apólice, você com certeza vai economizar um bom dinheiro.

SEGURO CONTRA ROUBO.

Imagine que você resolva tirar umas férias e viajar com a família. Você escolhe um destino tranquilo, se programa com cuidado e quando chega o grande dia: pé na estrada. Enfim, o seu merecido descanso. Quando chega a hora, retorna para casa já pensando em dormir na própria cama e passar com tranquilidade os últimos dias de lazer. Ao chegar se depara com uma cena de destruição. Um lar invadido por ladrões que além de levarem seus preciosos bens comprados com o suor de seu trabalho, deixaram tudo uma bagunça e a amarga sensação de violação. Esse, embora seja um desfecho muito trágico para uma história como a que contamos acima, é a realidade de muitos brasileiros.

Hoje em dia com o crescimento da violência e o índice de roubo à residências sendo o maior dos últimos anos, tem crescido bastante a procura pelo seguro de roubo, e nós resolvemos por bem esclarecer algumas dúvidas em relação a isso para te ajudar a encontrar a melhor opção de seguro para seu lar.

O seguro contra roubo é na verdade uma cobertura agregada ao seguro de incêndio residencial e que normalmente não é ofertado por bancos, quando estes te oferecem uma apólice para residência. É importante nesses casos tratar o seguro com um corretor de seguros, pois, este é o profissional capacitado a entender e orientar quanto a melhor maneira de se proteger. Isso sem contar que é a forma mais econômica, uma vez que o corretor de seguros terá acesso a várias seguradoras e poderá buscar pelo melhor preço entre elas.

O seguro contra roubo garante uma indenização decorrente do roubo de bens em seu imóvel, portanto, é necessário que você coloque na ponta do lápis o valor máximo que você deseja proteger. Por exemplo: a soma dos valores da televisão, do computador, do aparelho de som, do aparelho de vídeo e outros objetos e eletrodomésticos pequenos, que são o alvo principal dos invasores.

Alguns equipamentos de segurança como cerca elétrica, câmera de vigilância e alarme sonoro ajudam na redução do preço do seguro para sua residência, pois, possibilitam que as seguradoras concedam maiores descontos em sua cotação.

É importante esclarecer que o simples sumiço de bens não dá direito à indenização, pois é necessário que haja vestígios do crime, como danos a portas ou janelas.

Outro detalhe relevante é que nem sempre é necessário a apresentação da nota fiscal para comprovar que possuía o bem que foi roubado. Caso não tenha nota fiscal de todos os equipamentos e bens que deseja segurar, é possível que na contratação do seguro você adicione uma relação de bens na apólice, solicite uma inspeção no imóvel na contratação do seguro ou até mesmo apresente alguma fotografia em que comprove que havia aquele objeto na sua residência.

A única forma de proteger o que você conquistou é contratando uma apólice de seguro, portanto, não pense duas vezes, vale a pena se prevenir.

SEGURO DE RESIDÊNCIA COBRE DANOS DA NATUREZA?

Não é de hoje que os danos causados por fenômenos da natureza preocupam a maioria das pessoas. No seguro de automóvel já se tornou comum as seguradoras cobrirem prejuízos decorrentes de alagamentos, chuva de granizo e queda de árvores. Mas e para residência? Tem cobertura contra esse tipo de coisa?

A resposta é simples, claro que tem. Mas há de se observar atentamente contra que tipo de eventualidades você deseja se proteger, pois, o seguro residencial pode ser bem especifico. Para isso, vamos relacionar para você alguns danos possíveis, quais as coberturas adequadas para proteção e quando contratá-las.

Queda de raio – Você tem a cobertura básica do imóvel, que protege o próprio imóvel contra algum dano causado por raio, e tem a cobertura de Danos Elétricos, que protege os equipamentos elétricos, eletrônicos e instalações elétricas.

Enchente – Existe cobertura especifica de alagamento para cobrir danos causado por água de chuva. Mas também pode ser contratado cobertura para danos causados por água proveniente de canos estourados ou derramamento de caixa d’água.

Desmoronamento – Esse evento normalmente causado por erosão também é coberto por cláusula especifica.

Granizo e vendaval – Existe cobertura contra esses eventos causados por temporais onde costumam causar danos à telhados, janelas, portas e portões.

Para escolher as coberturas basta analisar o risco em que você está exposto, por exemplo:

Se sua residência é próxima a algum terreno íngreme, deve-se contratar na apólice a cláusula de desmoronamento. Caso resida em locais baixos, escolha um seguro que cubra contra enchentes e alagamentos.

Cobertura para vendaval é sempre importante, pois, a ventania pode causar danos ao imóvel arremessando algo contra ele como telhas, galhos, ou até derrubando uma arvore sobre o imóvel.

Tem alguma dúvida sobre algum tipo de dano causado por eventos da natureza? Deixe seu comentário.

Texto de: Bruno Fortunato – Corretor.

VOCÊ SEGURO. (31) 4101-8253  /  (31) 99367-2009.

Belo Horizonte – MG.

https://www.voce-seguro.com/